Alemanha ignora pedido de 'revanche' do Brasil

GETTY
Klose comemora seu 16º gol em Copas do Mundo
Klose comemora seu 16º gol em Copas do Mundo no massacre sobre o Brasil

A CBF vem tentando marcar um amistoso com a Alemanha, o que seria uma revanche do vexame na semifinal da última Copa do Mundo, quando a seleção brasileira perdeu de 7 a 1, em um Mineirão lotado. A chance de o jogo acontecer, no entanto, é pequena.

A Pitch, empresa inglesa terceirizada responsável pela organização dos confrontos não oficiais do Brasil, procurou a federação alemã e não obteve um retorno positivo. Segundo os algozes do último Mundial, não há espaço no calendário para encontrar Neymar.

"A gente vem tentando, nós queremos fazer, mas eles não querem. A Pitch foi falar com eles, mas eles disseram que não tem datas", afirmou Marco Polo Del Nero, futuro presidente da CBF. "A agenda está sempre lotada para o Brasil", finalizou.

Segundo Marco Polo Del Nero, a tentativa de amistoso com a Alemanha começou antes mesmo de a Copa do Mundo no Brasil, mas também não deu certo.

A seleção canarinho, novamente comandada por Dunga, ainda tem dois amistosos agendados para 2014, contra Áustria e Turquia, na Europa.

 

 Camila Mattoso e Marcus Alves, de São Paulo (SP), para o ESPN.com.br