Avião desaparecido há 35 dias é encontrado pela FAB no Pará

Uma equipe da Força Aérea Brasileira (FAB) encontrou na noite dessa terça-feira o avião bimotor que sumiu no mês passado no sudoeste do Pará. A aeronave, que ficou desaparecida por 35 dias, foi encontrada em uma região de mata fechada, de difícil acesso, perto da cidade de Jacareacanga.

Segundo a FAB, uma equipe da Salvaero, órgão que coordena as buscas pelo bimotor, localizou a aeronave, mas por conta do difícil acesso ao local, precisou retornar. A busca será retomada com na manhã desta quarta-feira, e ainda não há informações sobre os passageiros.

A missão de busca pela aeronave desaparecida contava com os aviões P-95 Bandeirante Patrulha, SC-105 Amazonas e P-3 Orion da FAB, além de um helicóptero H-60 Blackhawk. A FAB informou ainda que 50 militares já haviam sido empregados na operação.

O bimotor de prefixo PR-LMN, pertencente à empresa Jotan Taxi Aéreo, prestava serviço à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), ligada ao Ministério da Saúde, desapareceu no dia 18 de março, por volta das 12h30, com cinco pessoas a bordo, cerca de uma hora depois de decolar do Aeroporto de Itaituba com destino à cidade de Jacareacanga.

De acordo com ministério, estavam no avião as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito CamposLuciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto Luiz Feltrin. Eles substituiriam as equipes que já prestavam atendimento às aldeias da etnia Munduruku, na região de Jacareacanga.

 

Com Informação do site Mais Goiás