Documentário Laerte-se entra em cartaz no cinema da UFMT de Barra do Garças a partir do dia 18 de julho

O filme relata a história de Laerte Coutinho, cartunista e chargista brasileira, considerada uma das artistas mais importantes na área no país

Bárbara Alves / UFMT

AssessoriaO projeto de extensão Cineclube Roncador, da Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, realiza na próxima terça-feira (18/07), a exibição do documentário Laerte-se. O evento será realizado no auditório 224 da unidade de Barra do Garças, a partir das 15h30.

O filme relata a história de Laerte Coutinho, cartunista e chargista brasileira, considerada uma das artistas mais importantes na área no país. Laerte passou quase 60 anos se expressando e sendo identificada como homem, até que decidiu revelar sua identidade de mulher transexual.

 A sessão é uma parceria do Cineclube Roncador, o Grupo de estudos e pesquisas em gênero, identidade e sexualidade (GIS), o coletivo CORES ( movimento estudantil que aborda assuntos relacionados à comunidade LGBT) e o Núcleo de Produção Digital. Após a exibição do documentário haverá um debate sobre o filme e questões de gênero.  

Laerte-se é original da Netflix, sob a direção de Lygia Barbosa da Silva e Eliane Brum e o elenco é composto por Laerte Coutinho. Haverá distribuição de pipoca e certificação para quem participar de no mínimo 4 sessões do Cineclube.