Equipe do MT Habita Mais visita outras 6 cidades; 3 da região do Araguaia

30/09/2013 10:29

 

Servidores públicos de seis cidades de Mato Grosso receberam a equipe do programa MT Habita Mais - A Casa do Servidor, neste final de semana, para tirar as dúvidas sobre o programa.

Centenas de funcionários estiveram reunidos nos municípios com o vice-governador Chico Daltro. Todos demonstram a esperança de conseguir financiar a casa própria.Na sexta-feira (27.09), a equipe visitou Barão de Melgaço, Santo Antonio do Leverger e Poconé. No sábado (28.09), a comitiva comandada pelo vice-governador passou por Novo São Joaquim, Campinápolis e Gaúcha do Norte. Em todos os municípios, o Chico Daltro fez questão de destacar as vantagens do programa de habitação do Governo do Estado.

O vice-governador explicou que a iniciativa é única no país e que a taxa de juros varia de 4,5% a 7,9% ao ano, dependendo do valor da renda definida pelo servidor. "É uma das taxas de juros mais baixas do país. Os servidores somente começaram a pagar após receberem as chaves da casa e ainda com 6 meses de carência para quitar a primeira prestação. Outra coisa importante é o seguro, que já vai estar incluído nas parcelas. Com isto, em caso de falecimento do servidor, as restantes serão extintas", explicou.

A prefeita de Poconé, Meire Adauto , ressaltou estar otimista com o desenvolvimento do projeto na cidade. Segundo ela, o MT Habita Mais soma e promove melhorias a milhares de famílias de servidores que poderão realizar o sonho da casa própria. "O objetivo é buscar cada vez mais benefícios para toda população poconeana", comemorou.

O programa vai até 2018, tempo suficiente para que todos os servidores consigam se regularizar para conseguir o financiamento, segundo Chico Daltro. Para a presidente do Sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Poconé (Sismup), Maria Francisca, esta é uma grande conquista para todos os servidores. "Parabenizo o vice-governador Chico Daltro pela iniciativa. Programas como este deveriam ser desenvolvidos cada vez mais no país".

 

Foto: Gracielle de Arruda/Prefeitura Pocone

Escrito por assessoria