Ilegalmente por 7 meses

09/10/2017 - Ilegalmente por 7 meses

Expectativa de defesa de Kleber Lima é de que haja uma decisão do TJMT, nos próximos dias

 

O advogado de Kleber Lima, Paulo Fabrine Medeiros, ingressou com recurso junto ao TJ-MT com pedido de liminar para cassar a decisão que afastou o jornalista do Gabinete de Comunicação do Estado, por causa da denúncia de assédios moral e sexual. Pediu, no recurso, que o processo se torne público, para permitir que a sociedade saiba quem são as três servidoras responsáveis pela denúncia, assim como o radialista efetivo da Gcom que sustentou a acusação de que sofrera assédio moral.

 

A defesa relata que Kleber foi gravado clandestinamente por cerca de 7 meses e que nenhum dos trechos apresentados o compromete. Enfatiza que diálogos reproduzidos pela TVCA foram tirados do contexto e forjados e que, assim que divulgados na íntegra, irão esclarecer e derrubar a tese de que teria praticado crime de assédio ou até mesmo feito ameaça ou coação. As Câmaras Cíveis Reunidas, sob relatoria da desembargadora Antonia Siqueira, devem julgar o recurso nos próximos 10 dias. Uma vez obtendo êxito, Kleber deve retornar ao comando da Gcom, hoje sob Marcy Monteiro.

 

 

 

RD News