Linhão de 140 km é ativado entre Barra do Garças a Nova Xavantina

A Energisa Mato Grosso colocou em operação 140 quilômetros de linhas de transmissão, aumentando a oferta de energia e contribuindo para a desenvolvimento econômico da região do Araguaia. Com as novas cargas disponibilizadas, abre-se a possibilidade de instalação de novas empresas e indústrias, gerando empregos e fomentando a agricultura local.

Para viabilizar a obra, que durou três anos, a Energisa investiu cerca de R$ 30 milhões. Para a construção foram usadas 407 estruturas e 215 toneladas de cabos. A linha duplicará a interligação entre as subestações de Barra do Garças e Nova Xavantina. As próximas etapas serão as duplicações das linhas de 138 kV entre Nova Xavantina à Água Boa e de Água Boa à Canarana, com previsão de entrega em 2019. No total, a região do Araguaia receberá cerca de R$ 300 milhões em investimentos.

“O Araguaia está em franco crescimento econômico e a Energisa está trabalhando para dar o suporte energético que a região precisa. Para nós, é muito importante as localidades onde atuamos se desenvolverem”, declara o diretor-presidente da Energisa Mato Grosso, Riberto José Barbanera.

Ainda nas próximas semanas deve entrar em operação o Compensador Síncrono, máquina rotativa projetada para controlar a tensão no sistema elétrico na região. Atualmente o equipamento está em fase de testes. A Energisa conta ainda com outras obras, como a ampliação da subestação de Querência, e a instalação de bancos de capacitores – para controle da tensão do sistema elétrico – nas subestações de Querência e Nova Xavantina. Além disso, há a previsão da construção de uma nova subestação em Espigão do Leste.

 

Assessoria