Negociações e consenso podem impedir o fechamento da Sala Vip no Setor Xavantina.

08/10/2013 09:52

alt

 

Aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores de Nova Xavantina uma reunião envolvendo os Poderes Executivo e Legislativo; cidadãos do Setor Xavantina e o empresário proprietário do terminal rodoviário do município, senhor Geraldo Beagace.

O objetivo da reunião pretendida pelo empresário seria fazer com que a administração proibisse o embarque de passageiros no Setor Xavantina. Segundo ele, consta na concessão de exploração dos serviços de embarque e desembarque de passageiros, exclusividade para ele explorar os serviços, porém da forma que está acontecendo, sua empresa vem tendo prejuízos.

O anúncio da possibilidade de fechamento da Sala Vip no Setor Xavantina chocou os presentes e gerou uma discussão acirrada. Os vereadores Elias Bueno e João Bosco do Nascimento foram contundentes ao expor suas opiniões, solicitando que fossem viabilizados outros meios para resolver o impasse existente, menos o fechando da Sala Vip.

O vice-prefeito, João Batista Vaz da Silva, Cebola, explanou que o melhor caminho seria o do bom senso. Caso não fosse possível um resultado através do diálogo, a demanda seria resolvida na justiça. Disse que sob o ponto de vista legal, o empresário esta com as provas nas mãos dos direito que lhe assistem, porém, sob o ponto de vista social da questão em tela, não era possível vislumbrar vencido nem vencedor, caso o impasse seja resolvido no tribunal.

Ao final da reunião, duas propostas foram levantadas para que o impasse fosse resolvido. Numa delas, o prefeito Gercino se propôs estar conversando com o proprietário da Empresa Xavante para que o mesmo disponibilize uma Van para transportar os passageiros da Sala Vip até o Terminal Rodoviário. Noutra proposta, Geraldo ventilou a possibilidade de troca de um terreno de sua propriedade no Setor Nova Brasília no prédio e terreno onde antes funcionava o terminal rodoviário do Setor Xavantina, ao lado do Hospital Municipal.

A reunião terminou sem decisão, porém com uma nova discussão agendada para o dia 17 deste mês. “Vamos estar tentando resolver o impasse de forma que fique bom para ambos os lados: Empresário e o povo do Setor Xavantina”, resumiu o prefeito.

 

Escrito por Edivaldo Moreira - Assessoria de Comunicação PNX