NOVA XAVANTINA - Morador comete suicídio na manhã desta quinta feira em Nova Xavantina

 

Por volta das seis horas da manhã desta quinta feira (14/11), o morador Luís Aquino de Lavor, de 53 anos, de tradicional família do setor Xavantina, cometeu suicídio. Segundo familiares Luiz levantou bem cedo, fez o café da manhã, e, até mesmo, tomou o café com sua mãe dona Dercelina,  e em seguida, dirigiu-se aos fundos da casa, e enforcou-se utilizando uma corda presa na árvore ao lado de um pé de manga.

Dona Dercelina, genitora de Luiz, ainda tomava café quando sentiu a falta do filho e saiu na área dos fundos para ver se o via. "Chamei pelo nome dele ele não respondeu, mas como ele verificava o nível do rio todos os dias, pensei que ele estivesse olhando o rio. Logo depois vi Luiz em pé perto do pé de manga, mas pensei que ele estivesse fazendo uma oração. Passados alguns instantes, chamei ele pelo nome e ele não respondeu, foi quando vi uma corrente amarrada no galho da árvore. Chamei desesperada e ele não respondeu saí correndo gritando por socorro". Disse dona Dercelina.

A família reside na avenida Mestre Venâncio de Oliveira, nº 280, ao lado do TeatroMunicipal Heitor Villa Lobos, onde tudo aconteceu. Segundo informações colhidas pela reportagem, Luís era esquisofrênico e tomava remédios controlados. Ele estava respondendo processo no estado do Ceará e ele seria ouvido por carta Precatória em Nova Xavantina (onde respondia ao processo em liberdade) no próximo dia 21/11, e isto o estaria perturbando.

 

 

Luiz deixou uma carta escrita de próprio punho, onde fez recomendações e fez declarações contra o Juiz e Promotor de Justiça do processo ao qual responde no estado do Ceará. Na carta Luiz inicia dizendo: "Mamãe, estou indo embora (...) Não é pra ninguém chorar (...) Eu quero ir com esta roupa que está em cima da cama (...) Que a M.M e o negro Promotor vão pro inferno ".

No momento em que escrevemos, o corpo continua no local do suicídio, coberto por uma manta, aguardando a chegada da Polícia Técnica, de Barra do Garças. O site IN expressa os sentimentos de pêsames à toda família.

O corpo será velado no templo da Igreja Assembleia de Deus, no Centro do setor Xavantina e o enterro será amanhã na parte da manhã, no cemitério do Bairro Deus é Amor, mas a família ainda não definiu o horário.

 

Autor: Ezio Calanca Garcia - Reporter
Crédito (foto): Interessante News