Rio Verde (GO): Garota é presa suspeita de comandar quadrilha de roubo a fazendas

Jovem de 23 anos e outras 11 pessoas foram presas na região de Rio Verde. Grupo já roubou mais de 2 mil animais e máquinas agrícolas, diz polícia.

Garota de 23 anos é apontada pela polícia como mandante da quadrilha (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A Polícia Civil prendeu 12 pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada em furtos e roubos a fazenda em Goiás. Dentre os presos está uma jovem de 23 anos, apontada pela polícia como a mandante do grupo. Segundo os policiais, a quadrilha teria cometido crimes em pelo menos 15 propriedades rurais.

De acordo com o delegado Danilo Proto, da delegacia de Rio Verde, no sudoeste do estado, as investigações duraram seis meses. O grupo é suspeito de roubar mais de 2 mil cabeças de gado, além de defensivos e máquinas agrícolas. Segundo apurado pela polícia, a quadrilha vendia o material roubado a fazendeiros e frigoríficos clandestinos.

As prisões começaram no sábado (24), quando a maior parte do grupo foi encontrada em uma fazenda usada como esconderijo, a 30 quilômetros de Caiapônia, no sudoeste goiano, a partir de uma grande operação da polícia.

“A casa onde eles estavam é um local de difícil acesso, por terra os veículos têm que passar por uma trilha, houve também a progressão no terreno de policiais a pé e nós contamos com o apoio da aeronave da Polícia Militar que fez o serviço aéreo e conseguiu cercar esses bandidos justamente pelo local que a gente imaginava que poderia ser uma possível rota de fuga quando a ação estivesse sendo executada”, relata o major da PM Jeovaldo de Moura Ataídes.

Os demais integrantes do grupo foram presos nos dias seguintes em outros três municípios da região. Dentre os suspeitos, quatro eram foragidos do presídio de Iporá. Todos foram encaminhados à delegacia de Rio Verde.

 

 

VER VÍDEO DA REPORTAGEM AQUI