Veja a história de um goiano que viveu por 34 anos como mendigo em SP

24/05/2014 11:43

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A vida do goiano Raimundo Arruda, 75 anos, foi repleta de surpresas (e nem sempre boas) nas últimas 3 décadas. Morador de rua por 34 anos, longe da família por 20, Raimundo vivia nas ruas de São Paulo, onde era conhecido como o mendigo poeta.

Depois de reencontrar a família por meio do Facebook e ter o visual completamente mudado, em relação aos anos vividos nas ruas, Raimudo disse, em entrevista ao programa "Encontro comFátima Bernardes", que "não tem nada para deixar saudade, mas também não há arrependimento".

Impressionada com o trabalho poético de Raimundo e querendo ajudar em seu sonho depublicar um livro, Shalla Monteiro, que ficou amiga do goiano, criou uma página no Facebook para mostrar o que o morador de rua vinha escrevendo por tantos anos.

Apesar de ter poesias publicadas na internet, Raimundo renega o título de poeta e esclarece "Escrevo porque fui alfabetizado e chegou um momento em que eu precisei escrever. Não sou poeta. Poeta é quem tem alta sensibilidade artística e preparo intelectual. Não tenho diploma de nada. Sinto uma necessidade de documentar o que se passa", disse ele.

Assista ao vídeo com a história de Raimundo:

 



Leia um poema do goiano

"Desgraçado do homem que se abandona

Estas seis palavras acima indicam que, por pior
que seja a situação, nunca, nunca o homem deve
considerá-la perdida porque ninguém pode
dar garantia que adversidade seja invulnerável"

Raimundo Arruda Sobrinho, 04/11/2012"



(Com Awebic e Encontro)