Wellington sinaliza que PR vai para a base governista

O novo senador afirma quer ajudar Silval a reverter avaliação negativa
 
THIAGO ANDRADE 
Mesmo sendo eleito em coligação adversária do novo governador, Pedro Taques, o deputado Wellington Fagundes (PR), eleito senador com 48,63% dos votos válidos afirma que quer trabalhar em conjunto com o pedetista. 
 
Wellington sinalizou já neste domingo (05) que sua legenda deve compor a base governista de Taques na Assembleia Legislativa. 
 
“Quero me colocar como parceiro dos desafios que teremos para trabalhar e realizar muito dos sonhos que prometemos durante a campanha. Minha historia sempre mostrou que sou parceiro. Eu sempre trabalhei junto com o governador, sem distinção de partido político”, disse em sua primeira entrevista após ser eleito.

Marcos Lopes/HiperNotícias

Com 23 anos de vida pública, sendo deputado federal por seis mandatos, Wellington destaca a importância do trabalho exercido por um senador. “São 23 anos de trabalho. O voto é uma confiança e a melhor forma de retribuir é com trabalho. O meu compromisso é trabalhar muito mais. A responsabilidade de ser senador é muito grande. É com essa força que vamos trabalhar em prol do nosso estado, convocando, convidando e somando com aqueles eleitos, e principalmente ao governador eleito”, garante.

 
O republicano afirma que um dos seus novos focos é de ajudar o governador Silval Barbosa (PMDB) a reverter o quadro de desaprovação que seu governo passa. O republicano afirma que não vai medir esforço para ajudar o peemedebista a reverter o quadro. 
 
 
Confira o resultado final para o Senado: 
 
Wellington Fagundes: 48,19% (646.344 votos)
 
Rogério Salles: 40,36% (541.357 votos)
 
Rui Prado: 10,24% (137.380 votos)
 
Gilberto Lopes: 1,21% (16.229)