Capital sediará Semana de Vacinação nas Américas de 2019

15/03/2019 12:11
Anúncio foi feito durante reunião no Ministério da Saúde, em Brasília (DF), ocasião que oportunizou o debate de questões essenciais para a Saúde em Mato Grosso.

Ana Lazarini SES/MT 
 

Secretário Gilberto Figueiredo em reunião no Ministério da Saúde - Foto por: Ministério da Saúde
Secretário Gilberto Figueiredo em reunião no Ministério da Saúde
A | A

Neste ano, Cuiabá sediará o lançamento da Semana de Vacinação nas Américas, que ocorre anualmente em abril. O anúncio, que torna Cuiabá o município-sede da importante campanha de vacinação de 2019, foi feito em reunião no Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (14).  

Confirmado pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o evento foi suscitado pelo atual secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, durante recente encontro do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) – ocasião na qual o gestor enfatizou que a cidade abriga o centro geodésico oficial da América do Sul. 

 “A Capital de Mato Grosso abriga as coordenadas, descobertas por Marechal Rondon e confirmadas pelo Exército Brasileiro, do centro geodésico da América do Sul. Por isso, o Governo do Estado estendeu esse convite ao Ministério da Saúde há cerca de um mês. Durante a reunião em Brasília, tivemos a feliz notícia de que o convite foi aceito”, explicou o secretário Gilberto Figueiredo. 

Programada para ocorrer entre os dias 22 e 26 de abril, a Semana de Vacinação nas Américas também oportunizará a passagem do ministro da Saúde e demais secretários estaduais por Cuiabá. “É um evento essencialmente importante para o calendário nacional de Saúde, creio que será muito positivo para Mato Grosso”, ressaltou Figueiredo. 

Saldo positivo

De acordo com o gestor estadual, a reunião junto ao ministro também reuniu parlamentares da Assembleia Legislativa (ALMT) e foi motivada por questões fundamentais para a Saúde no Estado. Pauta da conversa, a situação da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá foi amplamente abordada e despertou a atenção do Governo Federal. 

“O ministro assegurou um auxílio para a Santa Casa. Como representante da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), defendi que a contribuição não deve ser apenas financeira, pois acredito na adoção de um novo sistema de gestão profissional para a Santa Casa de Cuiabá. Por isso, buscaremos uma consultoria externa que auxilie a modernização da unidade”, concluiu o secretário.